LANÇAMENTO – Uma nova história da literatura, um outro olhar sobre o Brasil: lançamento de “Duas formações, uma história – das ideias fora do lugar ao perspectivismo ameríndio”

Apresentação

Depois de “Em busca de um país: reencontro com Celso Furtado” e “Nos rastros do ficcional: uma conversa sobre o ‘Chão da Mente’, de Luiz Costa Lima”, avançamos em nossas conversas sobre o Brasil, feitas entre a história, a literatura e o ficcional, com o lançamento do livro “Duas formações, uma história: das ideias fora do lugar ao perspectivismo ameríndio (Arquipélago, 2021), do escritor, crítico e ensaísta Luís Augusto Fischer. No próximo dia 14 de outubro, às 19h, teremos a conversa virtual “Uma nova história da literatura, um outro olhar sobre o Brasil”, tendo a presença do autor e a participação de Marcos Lacerda (UFPel) e André Magnelli (Ateliê de Humanidades).

O livro “Duas formações, uma história” propõe a construção de um modelo de análise capaz de renovar a história da literatura brasileira tendo como linhas-mestras dois pólos: de um lado, a literatura de Machado de Assis e o regime da plantation, e, de outro, a Literatura de Guimarães Rosa e o Sertão. Esses dois pólos demarcam a própria estruturação da sociedade brasileira e, claro está, modulam muitas outras obras e movimentos artísticos, incluindo o modernismo e o tropicalismo.

Luís Augusto Fischer é escritor, crítico e ensaísta de grande relevo no campo cultural brasileiro. Vem publicando artigos, ensaios e livros sobre a literatura, canção popular, entre outros temas. Tem se esmerado em análises que se situam entre o processo social e as formas artísticas, na melhor tradição do pensamento brasileiro que tem, entre seus nomes principais, gente do peso de Antonio Candido, Roberto Schwarz e Luiz Costa Lima.

Quando?

14 de outubro (quinta-feira)

Que horas?

19h

Onde?

Canal do Ateliê de Humanidades no youtube


Fios do Tempo. Um modelo para uma nova história da literatura brasileira – por Luís Augusto Fischer

No contexto do lançamento de “Duas formações, uma história: das ideias fora do lugar ao perspectivismo ameríndio”, que faremos nesta quinta-feira, 14 de outubro, às 19h, publicamos um texto de Luís Augusto Fischer (retirado do livro), onde o autor apresenta sua proposta de modelo para uma nova história da literatura brasileira. Desejo-lhes uma excelente leitura…. Continuar Lendo →

Fios do Tempo/Pontos de Leitura. Duas formações, uma história: esboço de uma primeira aproximação interpretativa – por Marcos Lacerda

Publicamos hoje simultaneamente no Fios do Tempo e no Pontos de Leitura do Ateliê de Humanidades a resenha de Marcos Lacerda sobre o livro de Luís Augusto Fischer “Duas formações, uma história: das ideias fora do lugar ao perspectivismo ameríndio” (Arquipélago, 2021), que lançamos na semana passada em uma conversa virtual com a presença do… Continuar Lendo →



Deixe uma resposta

por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: