Fios do Tempo. A vitória de Pirro de Hans Küng? – por Carlos Eduardo Sell

Na última semana nos despedimos de três gigantes do pensamento: o antropólogo americano Marshall Sahlins, o crítico literário brasileiro Alfredo Bosi e o teólogo suíço Hans Küng. No contexto da morte de Küng, um dos principais representantes da teologia crítica e progressista, Carlos Eduardo Sell faz uma reflexão sobre as possíveis consequências de sua obra... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Por que continuar a ler Carl Schmitt? Um diálogo com Daniel Chernilo

Na semana passada publicamos o artigo "Carl Schmitt entre nós: algumas considerações", onde o sociólogo e filósofo chileno Daniel Chernilo propõe uma reflexão crítica sobre a retomada de Carl Schmitt com uma indagação: "o que significa ler Carl Schmitt politicamente?". Trazemos agora uma primeira resposta à interpelação. Neste texto, o filósofo Fábio Costa faz algumas... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Por uma CPI da política insanitária do governo – por Felipe Maia

Alguns acontecimentos recentes parecem indicar certa perda de base social do governo Bolsonaro entre os grupos econômicos e as classes médias e altas. Seria o caso de voltar a apostar em impeachment? Questão difícil, pois, como analisa Felipe Maia, temos a dificuldade de sincronizar os distintos tempos: o tempo mais lento do impeachment e o... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Carl Schmitt entre nós – por Daniel Chernilo

Nos últimos anos, Carl Schmitt se tornou uma figura central nos debates intelectuais e acadêmicos contemporâneos. Mesmo que tenha tido inequívoco vínculo com o nazismo, seu pensamento jurídico-político serve de inspiração não apenas para as direitas, mas também para as esquerdas mundo afora, servindo de fundamento para os críticos radicais das democracias liberais (entre eles,... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A fome dos desgraçados e o jejum dos “sagrados” – por Nelson Lellis

Trazemos hoje no Fios do Tempo mais um artigo de Nelson Lellis com uma análise do cenário político-religioso contemporâneo. Diante da convocação de mais um jejum nacional, feita agora em meio a uma crise econômica ainda mais profunda, Nelson revisita a questão interpelando-nos de forma renovada: por que e para que um Jejum? O que... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Um Deus que saiba dançar: retomar a palavra poética – por Lindoberg Campos

Trazemos hoje no Fios do Tempo um pequeno texto de Lindoberg Campos & André Magnelli, sobre a retomada da palavra poética como um modo de relação do humano com a realidade e com o divino. Costuramos aqui uma reflexão entre a filosofia, a literatura, a teologia e a poesia, dialogando com Fernando Pessoa, Montaigne, Nietzsche,... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Interseccionalidade no planejamento: (re)pensar a cidade com e para as mulheres – por Rita Gonçalo

O Fios do Tempo publica hoje um ensaio de Rita Gonçalo, professora do curso livre virtual Como fazer política nas cidades? Gênero, território e participação, que começará no Ateliê de Humanidades no dia 08 de março (segunda-feira). Neste texto, Rita Gonçalo apresenta as teorias feministas e interseccionais de diferentes autoras (bell hooks, June Jordan, Nancy... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. O imprevisto, o Centrão e a política – por Luiz Werneck Vianna

Em novo artigo ao Fios do tempo, Luiz Werneck Vianna debate o protagonismo que o parlamento e os tribunais têm exercido como contrapeso aos impulsos do governo para o autoritarismo e o neoliberalismo. Werneck sugere compreendê-los à luz da longa história da centralidade que as instituições do Estado nacional desempenharam na modernização brasileira e que... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. As faces do cuidado entre éticas, práticas e fluxos globais – por Lucas Faial Soneghet

As práticas de cuidado são fundamentais para a produção e reprodução da vida humana e não humana; e a ética do cuidado é uma demanda urgente diante das crises de nosso tempo. É por isso que, como preparativo para o curso livre virtual "Teorias do cuidado: uma introdução", trazemos hoje, no Fios do Tempo, um... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Bolsonaro está mais forte. E as oposições? – por Felipe Maia

Nesta segunda-feira, o Fios do Tempo traz duas análises da conjuntura política brasileira após as eleições no Congresso Nacional. Neste primeiro texto, Felipe Maia faz sua análise das novas correlações de força entre Executivo, Legislativo e Judiciário, com objetivo não apenas de identificar as razões pelas quais o governo está ainda mais forte, como também... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: