Ciclo de Humanidades.Resistir às seduções do irracionalismo: homenagem aos 90 anos de Jürgen Habermas (evento gratuito)

No dia 31 de outubro, o Ateliê de Humanidades, em parceria com a BiblioMaison / Consulado da França e o Goethe Institut / Consulado da Alemanha, realizará o Ciclo de Humanidades em uma homenagem ao seu aniversário de 90 anos. Aproveitando o contexto de institucionalização do Instituto franco-alemão, refletiremos sobre a obra e o pensamento de um dos principais pensadores da democracia, dos direitos humanos, do direito internacional, do cosmopolitismo e da União Europeia. Pensar com Habermas a partir do Brasil é engajar-se em um diálogo intercultural, no qual é possível refletir não apenas sobre como a unidade da razão ressoa na multiplicidade de suas vozes, mas também sobre como resistir às forças contemporâneas de fragmentação, sectarismo e desrazão, construindo uma humanidade (e uma ordem internacional) comum através da polifonia dos povos e nações.

Curso Livre. A História da Sexualidade: Introdução, atualidade e crítica

Professor Lucas Faial Soneghet Apresentação Desde que foi publicada, a História da Sexualidade, de Michel Foucault, tornou-se um marco nas pesquisas em filosofia, em história e em ciências sociais. O primeiro volume, A Vontade de Saber (1976), escrito logo após Vigiar e Punir (1975), foi parte da genealogia dos dispositivos de saber-poder empreendida pelo autor... Continuar Lendo →

Participação de livre-pesquisadores do Ateliê de Humanidades na ANPOCS

Livre-pesquisadores do Ateliê de Humanidades apresentam trabalhos no Seminário Temático “Intelectuais, democracia e dilemas contemporâneos” no 43º Encontro Anual da Anpocs, coordenado por Felipe Maia (UFJF) e Maria Alice Rezende de Carvalho (PUC-Rio). - Um Esclarecimento incontornável: os intelectuais em uma democracia em mutação, por André Magnelli e Alberto L. C. de Farias - Redes... Continuar Lendo →

Pontos de leitura. Para que uma ciência bela responda pelas crianças – por Michel Serres

A partir de uma certa altura de sua história, a ciência deve responder por sua face, pela beleza que apresenta e produz. Desinteresso-me do saber que adquiriu a forma atual porque enfeia homens e coisas, porque ele envelhece mal e fracassou na formação de nossos filhos. Mostra feiúra e morte, a máscara contorcida da tragédia.... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Como ser imune à falsa generosidade? – por André Magnelli

Publicamos hoje no Fios do tempo: análises do presente um artigo de André Magnelli sobre o sentido e os limites da proposta de recuperar a lógica do dom. Sendo o último artigo de uma série publicada no Jornal do Brasil (aqui em segunda versão ampliada), ele traz uma reflexão realista sobre a prática do dom:... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A canção brasileira como música de invenção e ensaio – por Marcos Lacerda

Publicamos hoje no Fios do tempo: análises do presente o primeiro artigo da série e temporada Brasil, entre ideias e canções, com publicações sobre música popular brasileira na tribuna Fios do tempo e no podcast República de Ideias. Sob liderança do sociólogo, ensaísta e crítico Marcos Lacerda, livre-pesquisador do Ateliê de Humanidades e ex-diretor do... Continuar Lendo →

Pontos de Leitura. E a Terra se comove! – por Michel Serres

[...] desde esta manhã, a Terra treme novamente: não porque ela se move em sua órbita inquieta e discreta, não porque ela muda, desde as suas placas profundas até seu envoltório aéreo, mas porque ela se transforma por nossa ação. [...] Nós preocupamos a Terra e a fazemos tremer! Novamente, ela tem um sujeito. [...]... Continuar Lendo →

Variações do amor em tempos incertos – por Paulo Henrique Martins (artigo em O Povo)

Talvez devamos falar do amor como uma política de cuidados para um mundo que precisa ser reparado afetivamente e que exige novos modos de percepção e construção dos encontros sociais.   Amor é uma das palavras mais citadas em músicas, filmes, livros e bate papos. Serve tanto para exaltar conquistas sexuais e sentimentais como para... Continuar Lendo →

Podcast. Cartografias da crítica (I): O que há de crítico com a teoria crítica?

Publicamos hoje o primeiro episódio de uma temporada do República de Ideias sobre o Plano de Convergência "Cartografias da crítica: entre crise, crítica e reconstrução", do qual resultou uma publicação do Ateliê de Humanidades Editorial: "Cartografias da crítica: balanços, perspectivas e textos". Neste primeiro episódio, Alberto Luis Cordeiro de Farias e André Magnelli refletem sobre... Continuar Lendo →

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: