Podcast. Vila Morena (III) “Oh, musa de meu fado, oh, minha mãe gentil!”: conexões de uma geração entre Moçambique, Portugal e Brasil

Chegamos ao terceiro episódio de nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ele consiste em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro A sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins e também organizador (junto com André Magnelli) de Sociologia das tecnociências contemporâneas: ensaios de teoria social portuguesa , e convidados.

Neste terceiro episódio, reconstituímos o contexto da primeira formação de Hermínio Martins em Moçambique, tratado no primeiro capítulo de A sociedade das tecnociências de mercadorias, recuperando a trajetória de três intelectuais portugueses da geração de Martins: Eugenio Lisboa, José Gil e Ruy Guerra.

Além do podcast, trazemos também um pequeno vídeo, o terceiro feito generosamente pelo próprio Marcos Lacerda, que apresenta didaticamente a fortuna crítica de Martins.

Tópicos

I. Recapitulando o episódio anterior

II. A primeira formação de Hermínio Martins: a geração do Liceu Salazar em Moçambique

III. O Império colonial português em tempos de Salazar
1. Questão a nos guiar: como se constrói o debate de ideias em Portugal no século XX? Quais são suas principais linhas de força?
2. Modernidade portuguesa, “mitologias compensatórias” e colonialidade
3. Reconectar Brasil e Portugal: retomar o fluxo de ideias entre os dois países

IV. Um panorama sobre a geração de Hermínio:
1. Eugenio Lisboa (1930- ) e suas memórias
2. José Gil (1939- ): “Portugal, medo de existir”
3. Ruy Guerra (1931- ): o Brasil da Bossa Nova, o cinema novo e Calabar
4. Portugal como corpo místico no processo descolonizador: da tese do luso-tropicalismo de Gilberto Freyre ao Fado Tropical
5. José Gil nos “Cadernos de Memórias Coloniais” de Isabela Figueiredo: as ambivalências do colono português no continente africano e a experiência dos “retornados”

V. Cenas do próximo episódio: a questão da dialética do esclarecimento à portuguesa


Escolha algum dos armazenadores de podcast abaixo.
É só clicar!




Apoie o Ateliê de Humanidades

Assim você colabora para a manutenção e o crescimento de uma instituição de livre estudo e pesquisa que tem por missão renovar as humanidades pelo artesanato intelectual, mediar encontros entre intelectuais, líderes, organizações e cidadãos e promover o debate público esclarecido e a cultura democrática.



b

República de Ideias. Vila morena, o debate de ideias em Portugal

Vila morena, o debate de ideias em Portugal No final de fevereiro foi publicado, pelo Ateliê de Humanidades, o livro “A sociedade das tecnociências de mercadorias”, que trata da obra do sociólogo português Hermínio Martins. Este livro foi escrito por Marcos Lacerda [PPGS/UFPEL], com apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e no âmbito do Instituto de… Continuar Lendo →

A sociedade das tecnociências de mercadorias – por Marcos Lacerda. Livro/e-Book

A sociedade das tecnociências de mercadorias Por: Marcos Lacerda Apresentação A Sociedade das Tecnociências de Mercadorias, de Marcos Lacerda, é uma introdução sistemática à obra do filósofo e sociólogo Hermínio Martins e um esforço de interpretação das sociedades tecnocientíficas de nosso tempo. Na sequência das publicações do Cartografias da crítica e do Teoria Crítica da… Continuar Lendo →

#053 República de ideias – Bello, pintando o sete (III) Os gritos dos povos, ainda e sempre

Está no ar o terceiro episódio de nossa entrevista com o artista franco-pernambucano Sérgio Bello. Depois de “Do Recife Colonial ao Grito de Eros” e “Profetas de outrora, profetas de agora“, entramos agora em uma nova fase da obra de Sérgio, que se dedica a expressar estética e plasticamente os gritos dos povos diante da… Continuar Lendo →

República de Ideias. #052. Construir uma cidade convivial com e para as mulheres

Vinculado ao lançamento do Segundo Manifesto Convivialista no Brasil, o Conviviações: construindo o convivialismo juntos realiza debates na forma de artigos, ensaios, vídeos, podcasts, lives e eventos, com o objetivo de proporcionar um espaço de aprimoramento teórico do convivialismo e de troca de experiências práticas. Com isso, buscamos criar, recepcionar, difundir, traduzir e ressoar iniciativas convivialistas… Continuar Lendo →

República de Ideias/Pontos de leitura. Introdução ao Antropoceno (IV): Quem é o anthropos do Antropoceno? – por Melissa Lujambio

Trazemos a público o quarto vídeo do curso aberto de Introdução ao Antropoceno, dado por Melissa Lujambio (historiadora, professora e livre-pesquisadora do Ateliê de Humanidades). Nesta série, ela apresenta, de capítulo em capítulo, o livro de Christophe Bonneuil e Jean-Baptiste Fressoz: The Shock of the Anthropocene: The Earth, History and Us (Verso, 2017), que é… Continuar Lendo →

República de Ideias/Pontos de leitura. Introdução ao Antropoceno (III): Falando pela Terra – por Melissa Lujambio

Trazemos a público o terceiro vídeo do curso de Introdução ao Antropoceno, dado por Melissa Lujambio (historiadora, professora e livre-pesquisadora do Ateliê de Humanidades): “Falando pela Terra”. Nesta série, ela apresenta, de capítulo em capítulo, o livro de Christophe Bonneuil e Jean-Baptiste Fressoz: The Shock of the Anthropocene: The Earth, History and Us (Verso, 2017),… Continuar Lendo →

República de Ideias/Pontos de leitura. Introdução ao Antropoceno (II) – por Melissa Lujambio

Trazemos a público o segundo vídeo do curso de Introdução ao Antropoceno, dado por Melissa Lujambio (historiadora, professora e livre-pesquisadora do Ateliê de Humanidades). Nele, ela apresenta, de capítulo em capítulo, o livro de Christophe Bonneuil e Jean-Baptiste Fressoz: The Shock of the Anthropocene: The Earth, History and Us (Verso, 2017), que é uma tradução… Continuar Lendo →

República de Ideias/Pontos de leitura. Introdução ao Antropoceno (I) – por Melissa Lujambio

Trazemos a público uma série de vídeos produzidos por Melissa Lujambio (historiadora, professora e livre-pesquisadora do Ateliê de Humanidades), que apresenta, de capítulo em capítulo, o livro de Christophe Bonneuil e Jean-Baptiste Fressoz: The Shock of the Anthropocene: The Earth, History and Us (Verso, 2017), que é uma tradução ampliada do livro L’Événement Anthropocène. La… Continuar Lendo →

Podcast. Bello, pintando o sete (II) Profetas de outrora, profetas de agora

Está no ar o segundo episódio de nossa entrevista com o artista franco-pernambucano Sérgio Bello. Depois de “Do Recife Colonial ao Grito de Eros“, onde conversamos sobre o percurso do jovem Bello, tratamos agora de suas obras de arte de “O grito dos profetas”, que é um “remake” das esculturas de Aleijadinho dos 12 profetas…. Continuar Lendo →

Sérgio Bello, pintando o sete: (I) Do Recife Colonial ao Grito de Eros

No final de maio, com participação de André Magnelli e Paulo Henrique Martins, tivemos o prazer de entrevistar Sérgio Bello, um artista pernambucano nascido em 1952, que está radicado na França há décadas. Suas obras já estiveram presentes em publicações do Ateliê de Humanidades, como expressões estéticas de nossos encontros do Ciclo de Humanidades sobre… Continuar Lendo →

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: