Desconto para Estudantes no Ateliê de Humanidades !

Já há algum tempo nós do Ateliê de Humanidades queríamos fazer uma política de desconto para estudantes de graduação nos cursos do Ateliê de Humanidades. Nossa instituição de livre estudo e pesquisa é feita para todas as idades. Mas consideramos que os jovens são fundamentais para atendermos à nossa missão. Sem vocês, estudantes de graduação,... Continuar Lendo →

Lançamento de livro de Marcos Lacerda, livre-pesquisador do Ateliê de Humanidades

Marcos Lacerda, livre-pesquisador do Ateliê de Humanidades, lançará seu livro "Hotel Universo: a poética de Ronaldo Bastos", neste sábado, dia 09 de novembro, às 18h, na Livraria da Travessa de Ipanema (R. Visconde de Pirajá, 572 - Ipanema, 22.410-002). O livro apresenta e analisa as canções mais importantes de Ronaldo Bastos, figura central da música... Continuar Lendo →

Estruturalismo, um movimento inacabado (vídeo, podcast e homenagem)

Disponibilizamos o vídeo da palestra "Estruturalismo, um movimento inacabado", dada por André Magnelli no Congresso Interdisciplinar Estruturalismos. Agradecemos aos organizadores, em especial a Carlos Coelho, pela iniciativa do Congresso e pelo convite para a palestra. A palestra também está disponível na forma de podcast no República de Ideias. André Magnelli reflete sobre o inacabamento do... Continuar Lendo →

Curso Livre. A Máquina Selvagem: A antropologia política de Pierre Clastres

“...é preciso aceitar a ideia de que a negação não significa um nada, e de que, quando o espelho não nos devolve nossa imagem, isso não prova que não há nada a se observar.” (Pierre Clastres) Professores André Magnelli & Rafael Damasceno Apresentação do curso Pierre Clastres (1934-1977) é sem dúvidas um dos grandes nomes da... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades.Resistir às seduções do irracionalismo: homenagem aos 90 anos de Jürgen Habermas (evento gratuito)

No dia 31 de outubro, o Ateliê de Humanidades, em parceria com a BiblioMaison / Consulado da França e o Goethe Institut / Consulado da Alemanha, realizará o Ciclo de Humanidades em uma homenagem ao seu aniversário de 90 anos. Aproveitando o contexto de institucionalização do Instituto franco-alemão, refletiremos sobre a obra e o pensamento de um dos principais pensadores da democracia, dos direitos humanos, do direito internacional, do cosmopolitismo e da União Europeia. Pensar com Habermas a partir do Brasil é engajar-se em um diálogo intercultural, no qual é possível refletir não apenas sobre como a unidade da razão ressoa na multiplicidade de suas vozes, mas também sobre como resistir às forças contemporâneas de fragmentação, sectarismo e desrazão, construindo uma humanidade (e uma ordem internacional) comum através da polifonia dos povos e nações.

Curso Livre. A História da Sexualidade: Introdução, atualidade e crítica

Professor Lucas Faial Soneghet Apresentação Desde que foi publicada, a História da Sexualidade, de Michel Foucault, tornou-se um marco nas pesquisas em filosofia, em história e em ciências sociais. O primeiro volume, A Vontade de Saber (1976), escrito logo após Vigiar e Punir (1975), foi parte da genealogia dos dispositivos de saber-poder empreendida pelo autor... Continuar Lendo →

Participação de livre-pesquisadores do Ateliê de Humanidades na ANPOCS

Livre-pesquisadores do Ateliê de Humanidades apresentam trabalhos no Seminário Temático “Intelectuais, democracia e dilemas contemporâneos” no 43º Encontro Anual da Anpocs, coordenado por Felipe Maia (UFJF) e Maria Alice Rezende de Carvalho (PUC-Rio). - Um Esclarecimento incontornável: os intelectuais em uma democracia em mutação, por André Magnelli e Alberto L. C. de Farias - Redes... Continuar Lendo →

Vídeos no YOUTUBE do lançamento de “Uma democracia (in)acabada” (UFJF)

Disponibilizamos hoje a gravação do lançamento do livro “Uma democracia (in)acabada: quadros e bordas da soberania do povo com Pierre Rosanvallon” de Felipe Maia G. da Silva, André Magnelli e Sebastião Lindoberg Campos, ocorrido no dia 25/09, na 6ª Jornada de Ciências Sociais UFJF. O livro foi lançado na mesa “A democracia em crise” e... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades. Michel Serres e o Contrato Natural: navegando com os ameríndios entre geometria e topologia (evento gratuito)

No próximo dia 17/10, o Ciclo de Humanidades vai revisitar a questão do contrato natural, proposta pelo filósofo francês Michel Serres, que faleceu agora em 2019. Será uma oportunidade não apenas de homenagear um dos mais influentes pensadores franceses contemporâneos, como também de refletir, em diálogo entre a filosofia, a etnologia e a matemática, sobre quais tecnologias podem ser desenvolvidas em face ao Antropoceno.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: