Podcast “República de ideias”. Temporada completa sobre democracia!

Na quinta-feira, 12 de setembro, o podcast República de Ideias publicou o último episódio da temporada "Uma democracia (in)acabada", dedicada ao livro “Uma democracia (in)acabada: quadros e bordas da soberania do povo com Pierre Rosanvallon”, publicado pelo Ateliê de Humanidades Editorial. Ao longo dos cinco episódios, Emmanuel Rapizo, Felipe Maia, Lindoberg Campos e André Magnelli... Continuar Lendo →

Lançamento do livro “Itinerários do Dom: Teoria e sentimento” de Paulo Henrique Martins na Universidade Federal do Pernambuco (UFPE)

O Ateliê de Humanidades, em parceria com o Programa de pós-graduação em sociologia da Universidade Federal do Pernambuco, convida todos para o lançamento do livro Itinerários do Dom: Teoria e sentimento do Prof. Dr. Paulo Henrique Martins (UFPE) Dia 30 de Agosto - Auditório Manuel Correia de Andrade, CFCH – 3º andar - Campus UFPE... Continuar Lendo →

Generosidade e vida social, por Paulo Henrique Martins (artigo em O Povo)

A tradição budista prega a bondade fundamental como condição para a harmonia interior. No entanto, a tradução do termo no nosso imaginário cristão sofre, muitas vezes, uma inflexão ambígua em que o bem apenas se reconhece na luta contra o mal, o que se afasta claramente da dádiva franciscana. Para sair desta armadilha maniqueísta é... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades. Rumo a uma sociedade pós-depressiva? Perspectivas franco-alemães sobre o sofrimento psíquico (evento gratuito)

No próximo dia 29 de agosto, no Ciclo de Humanidades, o Ateliê de Humanidades, em parceria com a BiblioMaison / Consulado da França e o Goethe Institut / Consulado da Alemanha, se propõe a refletir sobre o sofrimento psíquico na contemporaneidade, considerando suas causas sociais, experiências individuais e articulações políticas. Para tanto, convidamos Arthur Bueno (Wissenschaftlicher Mitarbeiter da Universidade de Frankfurt e Associate Junior Fellow da Universidade de Erfurt), que dialogará a crítica social da Escola de Frankfurt – em especial a teoria do reconhecimento de Axel Honneth e teoria da aceleração de Hartmut Rosa – com o diagnóstico da "fadiga de ser si" feito pelo francês Alain Ehrenberg. Neste dia, teremos a oportunidade não apenas de analisar as molas da depressão e dos conflitos políticos atuais, como também de pensar sobre os sentidos da autonomia e o advento possível de uma sociedade pós-depressiva.

Fios do Tempo: análises do presente – a tribuna do Ateliê de Humanidades

Lançamos hoje, dia 11 de agosto de 2019, nossa tribuna “FIOS DO TEMPO: análises do presente”, que é um espaço dedicado a pensar e discutir questões do tempo presente, com temas variados e em formato livre (ensaio, crônica, artigo, etc.). Conheça nossa proposta abaixo! Apresentação O Ateliê de Humanidades se orienta por uma intuição a... Continuar Lendo →

Lançamento das Vendas Online do Ateliê de Humanidades Editorial !

Lançamos hoje a venda de nossos livros na rede de lojas on-line! Títulos disponíveis: Uma democracia (In)Acabada: quadros e bordas da soberania do povo com Pierre Rosanvallon - Autores: André Magnelli, Felipe Maia, Sebastião Lindoberg Itinerários do Dom: Teoria e sentimento - Autor: Paulo Henrique Martins Cartografias da crítica - Balanços, textos e perspectivas -... Continuar Lendo →

Prêmio Florestan Fernandes concedido ao ex-presidente da ALAS, Paulo Henrique Martins*

A Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) concedeu o Prêmio Florestan Fernandes ao ex-presidente da ALAS,  Paulo Henrique Martins*. O Prêmio Florestan Fernandes foi concebido na gestão de César Barreira (2001-2003) como um reconhecimento a atuação das pessoas que, através de sua produção acadêmica, formação de novos pesquisadores ou atuação pioneira na construção e desenvolvimento institucional... Continuar Lendo →

Ciclo de palestras. Desastres e Mudanças Climáticas: construindo uma agenda

No próximo semestre, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos (CBAE) organiza o ciclo de palestras “Desastres e mudanças climáticas: construindo uma agenda”. Todos estão convidados!

Ciclo de Humanidades. A Revanche de Deus?! Religião em tempos de crise (evento gratuito)

Tudo hoje está em mutação; e as religiões e experiências religiosas não configuram uma exceção a isso. Todavia, o sentido de tais transformações é muito equívoco: a depender da perspectiva assumida, a religião pode ser vista como estando em uma ressurreição vitoriosa, em uma perseverança incontornável ou em uma crise terminal...

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: