O século do populismo: teoria, história, crítica


O século do populismo:
história, teoria, crítica

Pierre Rosanvallon


Apresentação

Pelos vários cantos do mundo, as democracias estão em crise e líderes populistas galgam o poder. Estarão as democracias se autodestruindo e se transformando em “democraturas”? Estaremos ingressando em uma era dos populismos?

Para responder a essas questões, precisamos analisar os populismos contemporâneos. Para tanto, o Ateliê de Humanidades Editorial traz ao público umas das principais obras existentes sobre o populismo, escrita pelo historiador e teórico da democracia Pierre Rosanvallon.

Em O século do Populismo, Rosanvallon apresenta uma teoria crítica do populismo. Isso é feito em três passos. Primeiramente, faz uma análise detalhada da anatomia do populismo contemporâneo. Em seguida, reconstrói as três histórias dos populismos, incluindo aí a importância das experiências latino-americanas. E, por fim, desenvolve uma crítica aprofundada e bem argumentada da ideia de democracia presente nas ideologias populistas.

Com isso, o autor torna possível pôr um fim às estigmatizações impotentes do populismo, ao mesmo tempo que traça as linhas gerais do que pode ser uma alternativa mobilizadora para a renovação da democracia.

O Século do Populismo tem um prefácio de Rosanvallon à edição brasileira e uma Introdução à obra do autor escrita por Christian Lynch e Diogo Cunha. Ele faz parte da Coleção Pierre Rosanvallon da Biblioteca do Pensamento Político do Ateliê de Humanidades Editorial. Publicaremos em seguida a tetralogia do autor sobre as mutações das democracias contemporâneas: Contra-democracia: política na era da desconfiança (2006), Legitimidade democrática imparcialidade, reflexividade, proximidade (2008), Sociedade dos Iguais (2011) e O bom governo (2015).

Formato: Brochura comum
Autor: Pierre Rosanvallon
Tradução: Diogo Cunha
Revisão técnica e concepção editorial:
André Magnelli
Editora: Ateliê de Humanidades Editorial

Páginas: 387
Ano: 2021
ISBN:978-65-86972-05-4
Preço: 83,00 (+ frete)

Este livro, publicado no âmbito do Programa de Apoio à Publicação ano 2021 Carlos Drummond de Andrade da Embaixada da França no Brasil, contou com o apoio do Ministério francês da Europa e das Relações Exteriores e do apoio à publicação do Institut Français.



Pierre Rosanvalllon (1948- ) é historiador e sociólogo francês, professor da cátedra de história moderna e contemporânea do Collège de France e diretor de estudos da École des hautes études en sciences sociales (EHESS), na cadeira de “História e filosofia do político”. Autor de dezenas de livros traduzidos em mais de 20 línguas, ele é um dos principais teóricos da democracia na atualidade. Dentre seus livros, destacam-se: a trilogia de história da democracia na França (editora Gallimard): Le Sacre du citoyen (1992), Le Peuple introuvable (1998) e La démocratie inachevée (2000); e a tetralogia sobre as mutações das democracias contemporâneas (editora Seuil), que está em publicação agora pelo Ateliê de Humanidades Editorial: A contra-democracia: a política na era da desconfiança (2006), A legitimidade democrática: imparcialidade, reflexividade, proximidade (2008), A sociedade dos iguais (2011) e O bom governo (2015).


Coleção Pierre Rosanvallon
na Biblioteca do Pensamento Político

Você vai querer os outros livros de Pierre Rosanvallon? Deixe seu contato abaixo!
Assim você fica informado(a) em primeira mão sobre as publicações (e promoções!)!

Deixe uma resposta

por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: