Pontos de leitura. O que é a democracia, afinal? – “Uma democracia (in)acabada” (Ateliê de Humanidades, 2019)

Iremos publicar em breve o livro Uma democracia(in)acabada: quadros e bordas da soberania do povo com Pierre Rosanvallon. Com ele, inauguramos o selo editorial do Ateliê de Humanidades.

Como preparativo para o lançamento, disponibilizamos a todos algumas citações retiradas de nosso livro.


A democracia triunfou grandemente e vacilou persistentemente. Na atualidade, ela é vista mais como um problema com o qual nos debatemos, do que como uma solução evidente da qual partimos

Introdução dos autores

Ao invés de anunciar o fim da democracia pela milésima vez, propomo-nos a pensar as incertezas, as indeterminações e as aporias deste regime político e forma social, que é, essencialmente, uma obra aberta.

Introdução dos autores


Não se trata apenas de dizer que a democracia tem uma história. É preciso considerar mais radicalmente que a democracia é uma história. Ela é indissociável de um trabalho de exploração e de experimentação, de compreensão e de elaboração de si mesma

Pierre Rosanvallon

A democracia, concebida como uma experiência, abre a porta para um verdadeiro universalismo: um universalismo experimental. Ao reconhecer que somos todos aprendizes em democracia, instauramos um diálogo político muito mais aberto, porque igualitário

Pierre Rosanvallon

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: