Ciclo de Humanidades. Em face ao anti-intelectualismo: para que as humanidades? (evento gratuito)

Apresentação

Vivemos hoje os efeitos de uma mutação no pensamento, onde tende a predominar mais uma vez uma concepção puramente biológica e economicista do humano sobre aquela propiciada pelas humanidades. As ciências humanas têm questionados sua atualidade, sua validade e, mesmo, seu direito à existência. Qual o valor de uma ciência cuja principal tarefa é fazer pensar? Não seriam a filosofia e as ciências humanas meras inutilidades, incapazes de produzir seres humanos produtivos e ocupados? Com isso, aqueles que se devotam a pensar como um ofício aparecem como sujeitos incômodos em um mundo em que as coisas têm de estar disponíveis à operacionalização e à eficácia. Parecem eles dizer aos que se ocupam em demasia: por que este para quê?

Alguns filósofos diagnosticaram há tempos que o principal inimigo de uma sociedade conformista é o pensamento autônomo e a reflexão teórica. Claro, as ideias sempre podem ser perigosas e as humanidades, focos de “balbúrdia”. Em nome da ciência ou dos prazeres, dos deuses ou dos homens de bem, da revolução ou da restauração, uma aversão ao pensamento e aos chamados “intelectuais” se manifesta nos mais distintos modos: defesa da tradição, intuição espontânea, rigor metódico, eficácia técnica, realismo econômico, opinião autêntica, combate militante, gozo consumista ou lacração cheia de curtidas.

No momento em que um anti-intelectualismo militante se renova, inflama e incha pleno de si, faz-se necessário colocar a questão: em resposta ao que acontece, para que as humanidades? No próximo dia 30 de maio, no Ciclo de Humanidades, o Ateliê de Humanidades, em parceria com a BiblioMaison / Consulado da França no Rio de Janeiro, se propõe a refletir sobre problemas postos às Humanidades pelas ondas anti-intelectualistas contemporâneas. Para tanto, convidamos o professor Elton Luiz Leite de Souza (UNIRIO / Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro), que desenvolverá uma reflexão em uma interface entre a literatura, a poesia e a reflexão filosófica, em diálogo principalmente com Gilles Deleuze e Jean-Paul Sartre.



Informações gerais:

Local: Espaço da Bibliomaison, Médiathèque da Maison de France
Av. Presidente Antonio Carlos 58, Centro, RJ, 11º andar.

Data: 30 de maio (quinta-feira) (ANTECIPADO PARA DIA 29 DE MAIO POR CAUSA DA PARALISAÇÃO GERAL)

Horário: das 19:00 às 20:30h (podendo se estender até 21h)

Certificação

Será disponibilizado Certificado, pelo Ateliê de Humanidades/BiblioMaison, para participação neste evento. Caso haja participação de no mínimo 75% dos dias, será dado o certificado de participação no Ciclo de Humanidades como um todo.

Conferencista

Elton Luiz Leite de Souza

É professor adjunto da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e professor adjunto da Faculdade de Filosofia de São Bento. Possui Mestrado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e Doutorado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004). 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: