Lançamento de Biografia de Lévi-Strauss, por E. Loyer, na Maison de France

Informamos que, nesta sexta-feira (11/05) será realizado, na Maison de France (RJ), o lançamento da biografia de Lévi-Strauss, escrita por Emanuelle Loyer, com participação da própria E. Loyer, de Eduardo Viveiros de Castro e de Orlando Calheiros.

Para maiores informações, ver página do evento no Facebook.

Sobre o evento

No dia 11 de maio de 2018, será lançada a biografia de Claude Lévi-Strauss em presença da autora Emmanuelle Loyer. Ela participará de um bate-papo ao lado dos antropólogos Eduardo Viveiros de Castro e sobre a vida do pensador francês. O livro recebeu o prêmio Femina Essai em 2015 e agora chega no Brasil pelas Edições Sesc São Paulo.

Evento em português e francês, com tradução nas duas línguas. 

Sobre o livro

Esta biografia, cujas matérias-primas principais são 261 fichas que se encontram no acervo do Departamento de Manuscritos da Biblioteca Nacional da França, perpassa a história de um dos grandes pensadores do século XX, o antropólogo belga Claude Lévi-Strauss. Considerado o pai da antropologia estrutural – método que definia estruturas analíticas baseadas na teoria estruturalista –, Lévi-Strauss guarda ainda uma relação íntima com a história brasileira: além das pesquisas relacionadas a diversas etnias indígenas, foi fundamental para o estabelecimento da faculdade de ciências sociais na Universidade de São Paulo, junto com sua esposa Dyna Dreifus e outros membros da missão francesa que participou desse processo; e, ainda, vale lembrar a amizade e profícua colaboração entre o casal Lévi-Strauss e os modernistas Oswald e Mário de Andrade. 

Sobre Emmanuelle Loyer 

Emmanuelle Loyer é uma historiadora francesa, especializada em história cultural das sociedades contemporâneas, e professora de Ciências Políticas em Paris. É vencedora do Prêmio Femina Essai pela biografia de Claude Lévi-Strauss, em 2015, publicado pela editora Flammarion.

Sobre Eduardo Viveiros de Castro 

Etnólogo americanista, com experiência de pesquisa na Amazônia, Viveiros de Castro é doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem pós-doutorado pela Université Paris X. É professor de Etnologia no Museu Nacional/UFRJ desde 1978 e membro da equipe de Recherche en Ethnologie Américaniste do CNRS desde 2001.

Publicou “From the Enemy’s Point of View: humanity and divinity in an Amazonian Society” (1992); “A Inconstância da Alma Selvagem” (2002) e “Metaphysiques cannibales” (2009; trad. brasileira 2015).

Sobre Orlando Calheiros

Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), Museu Nacional, onde coordenou o Grupo de Estudos da Ciência e Tecnologia (GEACT) e permanece como pesquisador do Núcleo de Antropologia Simétrica (NAnSi). Trabalhou como Pesquisador Sênior do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), coordenando o Grupo de Trabalho Araguaia na Comissão Nacional da Verdade (CNV). Atuou ainda como pesquisador colaborador do Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) do Ministério da Ciência e Tecnologia. Atualmente é pós-doutorando (FAPERJ) do Departamento de Filosofia da PUC-RIo, onde também atua como professor visitante. Tem experiência em Etnologia Ameríndia, Antropologia da Ciência e na área dos Direitos Humanos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: