Ciclo de Humanidades 2021. O que pode a arte? Como a arte se relaciona com a vida?

Proposta Nas sociedades modernas, boa parte da nossa compreensão da arte se deu através de uma tensão com a vida. Entre as diferentes formas de pensar a relação entre arte e vida, alguns chegaram mesmo a defender uma arte pela arte. Independentemente disso, a arte moderna se imbuiu de um papel de vanguarda, muitas vezes... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades 2021. E a vida, o que é? Um diálogo entre mitologia, filosofia e ciência

Proposta “Lembra-te que tu és vivo” (Edgar Morin) Gonzaguinha nos interpelava em seu famoso samba: “e a vida o que é? Diga lá, meu irmão…”. A pergunta sobre o que é a vida converge todos os saberes e quereres, pois sua resposta diz respeito ao que somos nós, qual nosso lugar no cosmos, com quem... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades 2021. Recompor os fios da vida

O que é o Ciclo de Humanidades? O Ciclo de Humanidades: ideias e debates em filosofia e ciências sociais é realizado desde 2019 pelo Ateliê de Humanidades & o Consulado da França no Rio de Janeiro/BiblioMaison. Após a realização de um total de 18 encontros com distintos temas (10 em 2019 e 8 em 2020)... Continuar Lendo →

Entrevista com François Dubet. Será que a escola pode salvar a democracia?

Publicamos agora a última entrevista legendada em português do Ciclo de Humanidades 2020: ideias de debates em filosofia e ciências sociais, que o Ateliê de Humanidades & a BiblioMaison/Consulado da França no Rio de Janeiro realizam mensalmente desde o início de 2019. No contexto do encontro "Os fins do humano: pensar o sentido da educação... Continuar Lendo →

Entrevista com Jean-Yves Camus. Entre populismo e extrema-direita: rumo à radicalização do mundo?

No contexto político contemporâneo, torna-se evidente a necessidade de entendermos a natureza e a ascensão dos movimentos de extrema direita. Foi por isso que realizamos, no Ciclo de Humanidades 2020, um encontro em agosto com o tema "Em busca do conservadorismo perdido?". Como parte do encontro, André Magnelli fez uma entrevista com o cientista político... Continuar Lendo →

Entrevista com Françoise Vergès. Feminismo decolonial e antirracista

Hoje, no Dia Internacional da Mulher, publicamos em homenagem a todas as mulheres a entrevista legendada em português de Françoise Vergès, que fizemos no contexto do terceiro encontro do Ciclo de Humanidades 2020, com o tema "Quando a raça importa?". A entrevista foi feita em julho de 2020 por Flávia Rios. Começamos com Vergès falando... Continuar Lendo →

Entrevista com Jean-Louis Laville. A via associativa: como entrelaçar economia, solidariedade e democracia?

Publicamos hoje a entrevista legendada em português de Jean-Louis Laville, que fizemos no contexto do segundo encontro do Ciclo de Humanidades 2020, com o tema "Construir a transição social e ecológica: da outra economia à outra gestão". A entrevista foi feita em abril de 2020 por Genauto Carvalho de França Filho & André Magnelli. Jean-Louis... Continuar Lendo →

Entrevista com Serge Paugam – De quantos laços é feita a sociedade? Repensar a solidariedade

Começamos hoje a republicar as entrevistas do Ciclo de Humanidades 2020 com legendas em português. Nosso primeiro entrevistado foi o sociólogo francês Serge Paugam, que é um dos principais especialistas da atualidade nos estudos sobre solidariedade, direitos sociais, trabalho e precarização. A entrevista foi feita no dia 26 de maio de 2020, tendo por entrevistadores... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades. Bem vindos à humanidade digital?

Chegamos ao último encontro do Ciclo de Humanidades 2020! Ele ocorrrá na próxima quinta-feira, 26 de novembro, com o tema "Bem-vindos à humanidades digital?". Nos vemos lá! Apresentação Questão As sociedades humanas se encontram em meio a um devir digital. Quais são suas consequências sobre a cultura, a educação e o debate público? Deveremos dar... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades. O cuidado da liberdade: de qual coragem a vida precisa?

Proposta Normalmente a coragem é pensada como uma virtude de épocas aristocráticas, a ser exercida por homens viris em tempos extraordinários. Porém, quando ela é somente pensada pela forma épica e associada só a feitos heroicos, esquecemos facilmente como a coragem se faz presente na vida individual e coletiva. Não seria a coragem uma virtude... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: