Ciclo de Humanidades.Resistir às seduções do irracionalismo: homenagem aos 90 anos de Jürgen Habermas (evento gratuito)

No dia 31 de outubro, o Ateliê de Humanidades, em parceria com a BiblioMaison / Consulado da França e o Goethe Institut / Consulado da Alemanha, realizará o Ciclo de Humanidades em uma homenagem ao aniversário de 90 anos de Jürgen Habermas, com conferência de Felipe Maia (Universidade Federal de Juiz de Fora).

Apresentação

O Iluminismo projetou o ideal de uma humanidade emancipada pela razão, mas, desde então, não foram poucas as consequências terríveis realizadas em nome de uma racionalização. Em face ao desencantamento contemporâneo, os pilares da modernidade parecem padecer em praça pública; e o irracionalismo torna-se bastante sedutor em suas distintas faces. Não são muitos, afinal, os que se comovem atualmente pela racionalização científica, pela esfera pública racional, pelo universalismo moral e dos direitos humanos, pela deliberação procedimentalizada e pelo cosmopolitismo político. É como se as promessas do Esclarecimento tivessem que ser arremessadas fora junto com as águas turvas em que se banharam. Mas temos que nos perguntar: será que é possível criticar a modernidade sem abrir mão de sua promessa de emancipação? Não poderíamos reconhecer os perigos da racionalização e, ao mesmo tempo, defender os potenciais da razão humana? Em que medida podemos contar com essas capacidades para lidar com as crises que afetam o planeta?

Se existe algum filósofo e intelectual público que enfrenta tais questões de forma radical há mais de meio século, indo às suas últimas consequências, este é Jürgen Habermas (1929-     ). Aproveitando o contexto de institucionalização do Instituto franco-alemão, refletiremos sobre a obra e o pensamento de um dos principais pensadores da democracia, dos direitos humanos, do direito internacional, do cosmopolitismo e da União Europeia. Pensar com Habermas a partir do Brasil é engajar-se em um diálogo intercultural, no qual é possível refletir não apenas sobre como a unidade da razão ressoa na multiplicidade de suas vozes, mas também sobre como resistir às forças contemporâneas de fragmentação, sectarismo e desrazão, construindo uma humanidade (e uma ordem internacional) comum através da polifonia dos povos e nações.

Informações:

Data: 31 de outubro

Local: Av. Pres. Antônio Carlos, 58/11, Centro.

Horário: 19:00 – 21:00h

Conferencista

Felipe Maia

felipe-maia

Professor e pesquisador do departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem atuação nas áreas de Teoria social, pensamento social brasileiro e sociologia política. É autor da tese de doutorado “Questão agrária e modernização no Brasil” e de artigos publicados em revistas científicas. É doutor em Sociologia pelo IESP – UERJ (2014), com pós-doutorado no CPDOC-FGV (2015). Atualmente coordena o projeto de pesquisa “Crises e críticas: intelectuais, teoria e processos sociais”, com recursos da Fapemig. Coordena também o Grupo de Estudos em Teoria Social (UFJF) e o Seminário Temático Intelectuais, democracia e dilemas contemporâneos (Anpocs). É Co-coordenador do Projeto Cartografias da Crítica: entre crítica, crise e reconstrução.

Certificação

Será disponibilizado Certificado, pelo Ateliê de Humanidades/BiblioMaison, para participação neste evento. Caso haja participação de no mínimo 75% dos dias, será dado o certificado de participação no Ciclo de Humanidades como um todo.

Um comentário em “Ciclo de Humanidades.Resistir às seduções do irracionalismo: homenagem aos 90 anos de Jürgen Habermas (evento gratuito)

Os comentários estão encerrados.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: