Ciclo de Humanidades 2021. O que pode a arte? Como a arte se relaciona com a vida?

Proposta Nas sociedades modernas, boa parte da nossa compreensão da arte se deu através de uma tensão com a vida. Entre as diferentes formas de pensar a relação entre arte e vida, alguns chegaram mesmo a defender uma arte pela arte. Independentemente disso, a arte moderna se imbuiu de um papel de vanguarda, muitas vezes... Continuar Lendo →

Live. Lançamento do livro – Judaísmo e período persa

Na próxima terça-feira (25 de maio), o Ateliê de Humanidades realizará o lançamento do livro "Judaísmo Antigo e Período Persa" (Editora Recriar, 2021), organizado por Kenner Terra (professor FUV / núcleo de pesquisa RELEP) e Nelson Lellis (doutorando UENF / Núcleo de pesquisa CRELIG). Faremos uma mesa-redonda que contará, além dos organizadores, com a presença... Continuar Lendo →

Curso livre virtual. Retórica clássica – por Rita Codá

Apresentação do curso Nenhum povo, na história da Antiguidade, teve a sublime consciência e apreço pelo poder da palavra, como os gregos. Isso foi, sem dúvida, o maior testemunho de uma civilização não apenas pautada na oralidade, mas que sublimou a mais intrínseca característica da nossa espécie: a fala. Por conseguinte, a eloquência sempre foi... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Uma rota de saída do inferno – por Luiz Werneck Vianna

Em nova contribuição, Werneck Vianna retoma o argumento a respeito da necessidade de uma ampla coalizão de forças democráticas para barrar o autoritarismo governista. Sua análise mostra que, apesar de seus tropeços políticos, a coalizão que elegeu Bolsonaro conta com sustentação social, a começar por elites econômicas atrasadas que contam com expressiva representação parlamentar e... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Celso Furtado: um polímata visionário – por Paulo Henrique Martins

Na última quinta-feira realizamos a live "Em busca de um país: reencontro com Celso Furtado", onde conversamos sobre a obra de Furtado no contexto do lançamentos do livro "Correspondências intelectuais 1949-2004" (organizado por Rosa Freire d'Aguiar). Como fruto deste dia, trazemos hoje o belo texto de Paulo Henrique Martins (UFPE) sobre "Celso Furtado: um polímata... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Perfil de um mestre: Humberto Maturana Romecín (1928-2021) – por Marcelo Arnold-Cathalifaud

Ontem o grande mestre Humberto Maturana nos deixou, que é reconhecido por ter sido, juntamente com Francisco Varela, o teórico da "autopoiesis". Sua contribuição, com a teoria dos seres vivos e a biologia da cognição e do amor, é trandisciplinar, influencia tanto as ciências naturais quanto as humanas. Em sua homenagem, publicamos o texto do... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Semblanza de un maestro: Humberto Maturana Romecín (1928-2021) – por Marcelo Arnold-Cathalifaud

Ayer despedimos al gran maestro Humberto Maturana, reconocido por haber sido, junto a Francisco Varela, el teórico de la "autopoiesis". Su aportación, con la teoría de los seres vivos y la biología de la cognición y el amor, es trandisciplinar, influyendo tanto en las ciencias naturales como en las humanidades. En su honor, publicamos el... Continuar Lendo →

Live. Em busca de um país: reencontro com Celso Furtado – com lançamento de “Correspondências intelectuais”

Na próxima quinta-feira (06 de maio), o Ateliê de Humanidades realizará um reencontro com um dos maiores intelectuais da história de nosso país, o economista Celso Furtado, com participação de Rosa Freire d'Aguiar, Marcos Costa Lima, Paulo Henrique Martins e André Magnelli. Na mesa-redonda "Em busca de um país", buscaremos refletir sobre a obra de... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: