Pontos de leitura. A disposição antiutilitarista da amizade, resistir à calúnia e buscar o bem (3), por Aristóteles

As amizades baseadas na utilidade se dissolvem assim que deixa de haver vantagem nelas, porque estes não são amigos um do outro, mas do ganho que podem lucrar um do outro. É possível que se estabeleçam relações de amizade que tenham como fim em vista o prazer e a utilidade [...] Contudo, uma amizade que tem... Continuar Lendo →

por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: