FAQ

Sobre Cursos Livres

Fiquei interessado(a) no curso, mas não posso fazê-lo porque não tenho disponibilidade no horário. Como podemos fazer?

Se você tiver amigos(as) interessados(as), poderemos fazer um Grupo de Estudos ou, mesmo, se houver quórum, criar uma turma em horário alternativo. Basta nos contactar, de preferência com a lista dos eventuais interessados. Você tem também a opção de fazer uma tutoria individual (presencial ou virtualmente).

Fiquei interessado(a) no curso, mas não moro na cidade/Estado/País em que será realizado. Como podemos fazer?

Poderemos fazer à distância uma tutoria individual sobre o conteúdo do curso ou, se preferir, fazer uma livre-formação que abranja uma agenda de estudo mais individualizada.

Tenho interesse em contratar o curso para os funcionários/associados de minha empresa/organização. É possível?

Sim, é possível não apenas contratar o curso tal como está disponibilizado, como também comprar um curso feito especialmente para os interesses de sua instituição. Entre em contato conosco.

Vocês emitem certificados dos cursos?

Sim, você receberá certificado de curso livre, declarado o número de horas/aula realizadas, no final do curso. O requisito é o cumprimento de 75% de presença. Seu certificado será digital e nominal, sendo emitido com o nome que você utilizou no formulário de inscrição. Caso você queira o certificado impresso, também disponibilizaremos.

O certificado é reconhecido pelo MEC?

Somos um espaço de livre formação e pesquisa que não expede diplomas de graduação, pós-graduação, técnico ou politécnico. O que emitimos são certificados de cursos livres, que não precisam de reconhecimento do MEC e são de livre aceite pelas IES. 

Quais as credenciais dos professores?

Todos os cursos do Ateliê de Humanidades são desenvolvidos pelos membros do Corpo do Ateliê de Humanidades e/ou por parceiros do Instituto, sendo resultado de nossas atividades de estudo e pesquisa e ofertados segundo critérios de excelência acadêmica. 

Quais são os tipos de aulas dos cursos?

Aulas presenciais exclusivas com pelo menos 01 Livre-pesquisador pleno e/ou 01 Livre-pesquisador-em-formação parceiro do Ateliê de Humanidades.

Há avaliações, provas e notas?

Não. Se você quiser fazer uma formação que envolva, como parte do aprendizado, avaliações, estudos dirigidos, etc., você tem a opção de contratar uma livre-formação em que, no Plano de Estudos, seja acordado o uso de tais técnicas pedagógicas.

Quais as formas de pagamento disponíveis?

É possível pagar o curso através de cartões de crédito, boleto online, débito automático ou transferência bancária.

Não estou conseguindo me inscrever. Como consigo ajuda?

Pedimos desculpa pelo incômodo e pedimos que entre em contato com nossa equipe a partir dos telefones: (21) 9 7979-3743 – Rio de Janeiro. Além disso, você pode entrar em contato com nossa equipe a partir do e-mail: ateliedehumanidades@gmail.com.

Sobre Livre-formação

O que é “livre-formação”?

Livre-Formação é um processo de estudo, pesquisa e/ou escrita construído em relação direta entre o livre-formando e ao menos um tutor do Corpo do Ateliê. O conteúdo, o método, os objetivos, as metas e a duração são estabelecidos individualmente em função do perfil intelectual e dos interesses do livre-formando.

A tutoria é sempre presencial ou pode ser realizada à distância por meio virtual?

A tutoria de livre-formação pode ser feita presencial ou virtualmente, assim como mesclar as duas formas.

Vejo no site que moro em uma cidade/Estado/País em que não há qualquer membro do Ateliê. Posso mesmo assim fazer livre-formação?

Sim, certamente. Toda a tutoria poderá ser realizada por meio virtual sem prejuízo da qualidade.

Tenho interesse em realizar uma formação em filosofia e/ou em ciências humanas e sociais, passando por alguns autores e temas de meu interesse. Posso fazer uma livre-formação sobre isso?

Sim, com certeza. Você poderá fazer um contrato de uma tutoria (ou mais), construindo e realizando um Plano de Livre Formação que atenda a seus objetivos individuais.

Qual a diferença entre “livre-formando” e “livre-pesquisador”?

Livre-formando é aquele que faz uso dos serviços de tutoria de livre-formação do Ateliê de Humanidades, sem que, para tanto, faça parte do Corpo do Ateliê. Livre-pesquisador é aquele que faz atividades de estudo e pesquisa (tutorada ou não) dentro do Instituto, integrando o Corpo do Ateliê e realizando nele projetos de pesquisa. 

Um Livre-formando pode se tornar um “Livre-pesquisador” em formação?

Sim, essa é a melhor forma de ingressar no Corpo do Ateliê. Por meio da Livre-formação, você poderá formar-se como pesquisador, conhecer a dinâmica interna do Ateliê, construir uma agenda de pesquisa e estabelecer relações de confiança com seu tutor. Caso o processo de livre-formação seja bem sucedido, o seu tutor o recomendará quando oportuno para ser graduação como livre-pesquisador em formação.

As minhas atividades de livre-formação serão certificadas?

Sim, ao final da livre-formação, emitiremos uma certificação que discrimine o que foi estudado/pesquisado e qual foi a carga horária total. Além disso, é possível solicitar um dossiê, feito pelo tutor, que apresente informações qualitativas sobre o desempenho do livre-formando.

Caso eu faça uma livre-formação e, posteriormente, venha a realizar seleção que exija uma carta de recomendação, o Ateliê de Humanidades poderá apresentá-la?

A princípio sim. Será facultado ao tutor, que será incentivado a fazê-lo caso a livre-formação tenha ocorrido de forma bem sucedida e sem quaisquer desabonos por parte do live-formando.

Se eu quiser ser livre-formando, o que devo fazer?

Veja as instruções aqui

Sobre Orientação ad hoc

Qual a diferença entre orientação ad hoc e livre-formação?

A orientação ad hoc tem objetivos/metas visando resultados bem específicos e normalmente de curto prazo: orientação para confecção de projetos, para seleção de mestrado ou doutorado, para escrita de dissertação ou tese. Nossas atividades de livre-formação também podem incluir tais metas, mas elas são incluem também objetivos mais amplos e menos instrumentais – por exemplo, uma formação intelectual no campo de pesquisa no qual atuará em pós-graduação -, assim como um vínculo mais duradouro.

Preciso de um projeto/TCC/dissertação/tese para submeter a uma seleção/banca. Posso contratá-los para fazer para mim?

Em nenhuma hipótese confeccionamos trabalhos em nome e em lugar de clientes. Além de razões éticas, é de se ressaltar que tal serviço é ilegal. Caso você precise de uma tutoria para empreender tal tarefa, estamos à sua inteira disposição.

Sobre Livre-Pesquisadores

Como eu faço para integrar o Corpo do Ateliê como livre-pesquisador?

O Livre-pesquisador pode ser integrado ao Corpo do Ateliê por uma das três formas:

(a) pela aquisição de estatuto de livre-pesquisador em formação após o decurso bem sucedido de livre-formação;

(b) por convite feito por algum dos membros do Corpo do Ateliê;

(c) pela aceitação de seu ingresso mediante solicitação e apresentação de projeto de pesquisa.

Eu tenho um projeto de pesquisa e gostaria de saber se posso realizá-lo no interior do Ateliê de Humanidades enquanto livre-pesquisador. Posso?

Sim, ele poderá ser integrado ao Ateliê, na condição de que nos seja de interesse e possa ser integrado nas linhas do Instituto. Entre em contato conosco apresentando-se e enviando uma breve descrição de seu projeto; caso haja possibilidade, marcaremos uma reunião.

Eu não tenho nenhum plano de estudo nem qualquer projeto de pesquisa. Na verdade, busco conseguir organizar o estudo e/ou formular uma agenda de pesquisa. Eu tenho acolhida no Ateliê?

Com certeza. Um dos principais objetivos de nosso serviço de Livre-formação é dar acolhida a demandas como essa, em que o tutor realiza o trabalho de esclarecimento das ideias, de organização dos estudos e de formulação de uma agenda de pesquisa. É o ideal para o seu caso.

Qual a diferença entre “livre-pesquisador pleno” e “livre-pesquisador em formação”?

Os Livre-pesquisadores em formação realizam suas atividades de pesquisa no interior do Corpo do Ateliê de Humanidades enquanto usuários de serviços de formação e de tutoria de pesquisa. Os Livre-pesquisadores plenos são pesquisadores que já possuem plena formação e integram as atividades do Ateliê sem necessidade de uso de serviços de formação e de tutoria de pesquisa, com ampla margem de liberdade na proposição de cursos, grupos de estudos, atividade de pesquisa e projetos inovadores.

Se eu quiser ser livre-pesquisador, o que devo fazer?

Entre em contato conosco, apresentando-se e enviando uma descrição de seu projeto de pesquisa. Caso haja interesse, marcaremos uma reunião.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: