Manifesto por uma disciplina inútil, a ciência do homem, por André Leroi-Gourhan

Apresentação O texto aqui publicado é um manifesto pela "ciência do homem", em defesa da importância humana de sua "inutilidade" e "gratuidade". Publicado em 1974 no jornal Le Monde, este texto do etnólogo e pré-historiador André Leroi-Gourhan mostra toda sua atualidade ao abordar temas como a crise das universidades, as consequências da mundialização e a... Continuar Lendo →

Pontos de leitura: instrumento, fala e memória por Leroi-Gourhan

Pontos de leitura "Certamente, o mais supreendente fato material é a "liberação" do instrumento, mas, na realidade, o fato fundamental é a liberação do verbo; e também esta propriedade única que o homem possui: a de colocar sua memória fora de si mesmo." (Leroi-Gourhan)

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: