Projeto – Ideias fora do lugar e o lugar fora das ideias: ensaios e pensamento social no Brasil

Coordenador

Marcos Aurélio Lacerda da Silva

Resumo

A proposta do presente projeto é apresentar um quadro de análise abrangente a respeito da produção intelectual no Brasil nas mais diferentes áreas do pensamento, como a filosofia, a sociologia, a psicanálise, a literatura, o urbanismo, a crítica musical, a história, entre outros, através da leitura e discussão de ensaios clássicos em cada uma das áreas mencionadas, com o intuito de contribuir para a sistematização, estruturação e, no limite, atualização do nosso debate intelectual.

A seleção de ensaios clássicos, como estudos exemplares, se justifica por serem ensaios que concentram as principais questões de um determinado contexto, associado a um determinado campo de conhecimento, em alguns casos atravessando vários campos de conhecimento. Estes ensaios, em certa medida, direcionam e redimensionam o debate, sendo, por conta disso, centrais para o desenvolvimento de uma perspectiva crítica a respeito da formação da vida intelectual no Brasil, com seu debate de ideias diverso, mas não alheio ao mundo.

O projeto se divide em vários ciclos, com seleção de 10 autores e autoras por semestre. No ciclo do projeto deste segundo semestre de 2018, vamos trabalhar com os seguintes textos: “As ideias fora do lugar” e “Nacional por subtração”, do Roberto Schwarz; “A fratura brasileira do mundo”, de Paulo Arantes; “A dialética da malandragem”, de Antonio Candido; “O problema da filosofia no Brasil”, de Bento Prado Junior; “A paixão de Clarice Lispector” e “Escritas da paixão”, de Benedito Nunes; “Gaia Ciência: Literatura e Música popular no Brasil” e “Bola ao alto: interpretações sobre o Brasil” de José Miguel Wisnik; “O ressentimento no Brasil”, de Maria Rita Khel, “O mito fundador” e “Profecias e tempo do fim” de Marilena Chauí, e “Política urbana no Brasil – esperança em meio ao caos?”, de Raquel Rolnik.

Natureza

Projeto coletivo de pesquisa e extensão

 

Site no WordPress.com.

Acima ↑