Fios do Tempo. Ideias, imagens e falas da nova direita e do reacionarismo brasileiro – por Marcos Lacerda

Trazemos hoje, no Fios do Tempo, uma resenha de Marcos Lacerda sobre o documentário “Intervenção: Amor não quer dizer grande coisa” (2017), de Tales Ab’saber, Rubens Rewald e Gustavo Aranda. Esta breve reflexão faz parte de um conjunto de estudos de Lacerda sobre a nova direita brasileira, dos quais já publicamos o artigo "A ascensão... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. O amor prático em bell hooks – por Rita Gonçalo

Falar de amor é um ato revolucionário, sobretudo neste momento em que vivemos, dilacerado por violências cotidianas, injustiças banalizadas e autofechamentos narcisistas, onde as próprias lutas por reconhecimento se ideologizam. Na verdade, antes de falar de amor, o que importa é efetivá-lo em estado prático; afinal, as palavras são, muitas vezes, apenas os adornos que... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A boa palavra de Luís Augusto Fischer – por Marcos Lacerda

Hoje é aniversário do Luís Augusto Fischer (nascido em 1956), escritor, professor e ensaísta gaúcho, autor de livros como "Duas formações, uma história" (2021), "Machado e Borges" (2008) e "Literatura brasileira - modos de usar" (2003). O sociólogo e ensaísta Marcos Lacerda comemora este dia trazendo-nos uma saborosa resenha sobre a escrita e a boa... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A asfixia do mundo no pensar mediatizado – por Luiz Costa Lima

No texto de hoje no Fios do Tempo, Luiz Costa Lima faz uma reflexão sobre as consequências da globalização mediática, de onde emerge um universo imagético antagônico àquele da escrita. Quando se generaliza em nossas sociedades, o mundo mediático tende a dissipar o mundo da escrita e, com isso, solapa as bases da esfera pública... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Crise democrática ou crise de representação? – por Elimar Pinheiro

Muito se fala que vivenciamos uma crise democrática, mas pouco se reflete sobre a natureza da democracia na qual vivemos. Estamos em meio a uma crise da democracia ou, na verdade, assistimos a mais uma mudança no modo do governo representativo? Nesta excelente resenha do clássico livro do cientista político francês Bernard Manin, Principes du... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Miscelánea de epifanías – por Gabriel Restrepo

Iniciando el Fios do Tempo [Hilos del Tiempo] de 2022, hoy traemos la "miscelánea de epifanías" del gran sociólogo, filósofo, poeta y amigo colombiano Gabriel Restrepo. Con su festín al "pensar súbito", realizado en una retórica barroca resonada en diferentes timbres, Restrepo recorre un viaje de siete pasos con su habitual densidad simbólico-existencial, para ser... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Votos por alguma forma de fortaleza – por Luiz Costa Lima

A passagem do ano tem o poder de renovar simbolicamente o fio da esperança. Mesmo quando estamos em meio ao som e à fúria, em uma história narrada por um idiota num enredo sem sentido, há alguma forma de fortaleza que podemos extrair deste desastre. E, com esta tenacidade, mantém-se aberta a brecha para que,... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Então é Natal… e o que você fez? – por Lindoberg Campos

Trazemos hoje, no Fios do Tempo, o belo texto de Lindoberg Campos sobre o sentido do Natal. Tomando como mote a canção "Então é Natal", que foi consagrada em português na voz de Simone (e composta em inglês por John Lenon e Yoko Ono), Lindoberg tece sua reflexão dialogando com a teologia, a literatura e,... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A ascensão conservadora e a complexa trama de ideias da nova direita – por Marcos Lacerda

Como compreender a ascensão conservadora ocorrida nos últimos anos no Brasil? Como deslindar a complexa trama de ideias que constitui a nova direita tanto mundial quanto nacional? Muitas tentativas estão sendo feitas nos últimos anos, mas larga parte delas é marcada pela caricatura própria da luta político-partidária, que dificulta ainda mais a compreensão da natureza... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. A nossa geringonça – por Luiz Werneck Vianna

O debate sobre uma "geringonça" brasileira ganhou as páginas de análise política nos últimos dias.Neste artigo, Luiz Werneck Vianna saúda a iniciativa e defende a necessidade de uma movimentação ainda mais ampla para derrotar as pretensões autoritárias e abrir caminhos para as demandas das grandes maiorias da população. Boa leitura e bom debate! Felipe MaiaFios... Continuar Lendo →

por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: