Curso Livre Virtual. O amor como ação coletiva / El amor como acción colectiva – com Adrian Scribano

Presentación En contraposición de la normalización global del disfrute inmediato a través del consumo, la internacionalización del miedo y la ansiedad, el surgimiento de la “post-verdad”, y la desconfianza respecto de la política, un análisis sistemático del amor como práctica intersticial se evidencia como una huella clara para comprender las sociedades contemporáneas. La esperanza, la... Continuar Lendo →

1st Congress of the International Network of Sociology of Sensibilities (RedISS) / Grupo de Trabalho 14: Dádiva, sensibilidades e emoções

On the 23rd, 24th and 25th of June the International Network of Sociology of Sensibilities is holding its Congress "Trust, Crisis and Social Science". Organized in 18 Working Groups, the Congress hopes to contribute to developing renewed horizons to put academic production in contact with the construction of trust in today's society. The Working Group... Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Entrevista com Elena Pulcini – Paixões empáticas para um mundo vulnerável

Em homenagem, trazemos hoje no Fios do Tempo, na forma de texto e áudio-leitura, a entrevista da socióloga e filósofa italiana Elena Pulcini, que nos deixou no mês de março de 2021, vitimada pela Covid-19. A entrevista foi feita pela socióloga Silvia Cataldi (Universidade de Roma / Social One). Esta linda entrevista foi feita por... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades 2021. E a vida, o que é? Um diálogo entre mitologia, filosofia e ciência

Proposta “Lembra-te que tu és vivo” (Edgar Morin) Gonzaguinha nos interpelava em seu famoso samba: “e a vida o que é? Diga lá, meu irmão…”. A pergunta sobre o que é a vida converge todos os saberes e quereres, pois sua resposta diz respeito ao que somos nós, qual nosso lugar no cosmos, com quem... Continuar Lendo →

Ciclo de Humanidades 2021. Recompor os fios da vida

O que é o Ciclo de Humanidades? O Ciclo de Humanidades: ideias e debates em filosofia e ciências sociais é realizado desde 2019 pelo Ateliê de Humanidades & o Consulado da França no Rio de Janeiro/BiblioMaison. Após a realização de um total de 18 encontros com distintos temas (10 em 2019 e 8 em 2020)... Continuar Lendo →

Entrevista com François Dubet. Será que a escola pode salvar a democracia?

Publicamos agora a última entrevista legendada em português do Ciclo de Humanidades 2020: ideias de debates em filosofia e ciências sociais, que o Ateliê de Humanidades & a BiblioMaison/Consulado da França no Rio de Janeiro realizam mensalmente desde o início de 2019. No contexto do encontro "Os fins do humano: pensar o sentido da educação... Continuar Lendo →

#053 República de ideias – Bello, pintando o sete (III) Os gritos dos povos, ainda e sempre

Está no ar o terceiro episódio de nossa entrevista com o artista franco-pernambucano Sérgio Bello. Depois de “Do Recife Colonial ao Grito de Eros” e “Profetas de outrora, profetas de agora“, entramos agora em uma nova fase da obra de Sérgio, que se dedica a expressar estética e plasticamente os gritos dos povos diante da... Continuar Lendo →

Curso livre. As Leis de Segurança Nacional – por Thiago Pacheco

Apresentação A Lei de Segurança Nacional retornou aos noticiários nas últimas semanas em decorrência de seus recentes usos. Muitos receiam que ela seja um instrumento legal disponível para anseios autoritários. Diante desse cenário, este curso visa esclarecer o que é a Lei de Segurança Nacional. Quais foram as Leis de Segurança Nacional que tivemos ao... Continuar Lendo →

Curso livre. Espionagem, operações encobertas e segurança interna – por Thiago Pacheco

Apresentação O curso tem o objetivo de introduzir o conceito de Inteligência em sua relação com as ações de Espionagem e de Operações Encobertas. A partir de tais definições conceituais e correlações práticas, buscaremos compreender algumas facetas dos problemas da Guerra e da Segurança Interna. Começamos o curso delimitando o que vem a ser a... Continuar Lendo →

Curso livre virtual. O teatro grego: do mito à política – por Rita Codá

Apresentação do curso O Teatro Grego, como testemunhamos pelas obras supérstites de seus três maiores poetas dramáticos – Ésquilo, Sófocles e Eurípides –, nasceu e morreu com a democracia ateniense, pois só com direito à liberdade de pensamento e de ação, esses poetas puderam cruzar o umbral entre mito e política, entre a tradição ancestral... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: