Curso livre. Espionagem, operações encobertas e segurança interna – por Thiago Pacheco

Apresentação

O curso tem o objetivo de introduzir o conceito de Inteligência em sua relação com as ações de Espionagem e de Operações Encobertas. A partir de tais definições conceituais e correlações práticas, buscaremos compreender algumas facetas dos problemas da Guerra e da Segurança Interna.

Começamos o curso delimitando o que vem a ser a espionagem (em relação às outras formas de Inteligência), o que será feito  reconstituindo seu desenvolvimento histórico e seus métodos mais comuns de emprego. Em seguida, buscamos compreender o que são as Operações Encobertas e quais suas relações com a guerra tradicional. Terminamos com uma análise crítica sobre a importância e os perigos da Segurança Interna no tocante ao uso ou ao enfrentamento da espionagem ou das Operações Encobertas.

Professor Thiago Silva Pacheco

É doutor em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde defendeu a tese Da Ditadura a Democracia: Uma comparação das atividades de Inteligência da Polícia Política no Estado Novo e na República de 1946. É autor de vários artigos no campo da espionagem, Operações Encobertas, Serviços Secretos, Crime Político e Terrorismo.

Objetivos

  • Definir e fazer uma história da Inteligência;
  • Reconstituir a histórica da espionagem e analisar sua relação com a guerra e a segurança interna;
  • Definir conceitualmente as Operações Encobertas e a Segurança Interna.

Metodologia

Aulas expositiva a partir do zoom com estudos de casos a  partir da bibliografia seleta.

Quando?

às terças
23 de fevereiro / 02, 09 e 16 de março

Que horas?

das 20:00 às 21:40 h

Onde?

Aplicativo Zoom (inscritos receberão link, ID e senha de acesso)

Carga horária

8 horas/aula

Investimento

R$ 150,00*

* 50% de desconto para estudantes de graduação e mestrado
* 50% de desconto para apoiadores padrão e premium do Ateliê de Humanidades (Premium tem direito a 1 curso gratuito por ano)

Inscreva-se agora

ateliedehumanidades@gmail.com

É apoiador com gratuidade
ou tem dúvidas?
Contate por WhatsApp

Certificação

Emissão de certificado de 8h/aula de curso livre no Ateliê de Humanidades (mínimo 3/4 de frequência)


Programa

1a sessão
O Conceito de Inteligência e seus desdobramentos para a Guerra e para a Segurança Interna

2a sessão
Espionagem: conceito, desenvolvimento histórico e métodos mais comuns de emprego

3a sessão
Operações Encobertas: conceito, emprego e relação com a guerra tradicional

4a sessão
A importância e os perigos da Segurança Interna em relação à Espionagem e Operações Encobertas

Bibliografia indicativa*

ANTUNES, Priscila C. B. SNI&Abin: uma leitura dos serviços secretos brasileiros ao longo do século XX. Rio de Janeiro: FGV, 2002.

ANDREW, Christopher. The Sword and the Shield: the Mitrokhin archive. Basic Books: New York, 2001.

BAR-ZOHAR, Michael, e MISHA, Nissim. Mossad: As Grandes Missões do Serviço Secreto Israelense. Dom Quixote: Córdova, 2012.

BLANC, Claudio. O Lado Negro da Cia. São Paulo: Idea, 2010.

BLOCH, Marc. Apologia da História e o Oficio do Historiador. Rio de Janeiro: 2002.

BONANATE, Luigi. A guerra. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.

CEPIK, Marco A. C. Espionagem e democracia. Rio de Janeiro: FGV. 2003.

CHARNEY, David L.; IRVIN, John A. A Guide to the Psychology of Espionage. AFIO’s Intelligencer Journal, 2014.

CORMAC, Rori. The Pinprick Approach. Whitehall’s Top-Secret Anti-Communist. Committee and the Evolution of British Covert. Action Strategy. Journal of Cold War Studies. Volume 16, Number 3, Summer 2014.

CRUMPTON, Henry A. A Arte da Inteligência: os bastidores e segredos da CIA e do FBI. Barueri: Novo Século, 2013.

FREUND, Julien. A Sociologia de Max Weber. Forense-Universitária: Rio de Janeiro, 1975.

GOLDMAN, Jan. Teaching About Intelligence and Ethics. Volume 20, Number 2, Fall/Winter 2013.

HERMAN, Michael. Intelligence power in peace and war. Cambridge: Cambridge University Press, 1996.: p. 61-66.

HOFFMAN, F., 2007. Conflict in ths 21st Century:The Rise of Hybrid Wars,.Arlington: The Potomac Institute for Policy Studies. 

KEEGAN, John. Inteligência na Guerra: conhecimento do inimigo, de Napoleão À Al-Qaeda. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

MUDD, Philip. Understanding Terrorism Analysis. Volume 20 . Number 3. Spring/Summer 2014.

RADSAN, A. John. An Overt Turn on Covert Action. Saint Louis University Law Journal: 2009

SHULSKY, Abram. What is Intelligence? Secrets and competition among states. In: GODSON, Roy; SCHMITT, G.; MAY, E. US Intelligence at the crossroads: agendas for reform.  New York: Brassey’s, 1995.

SIMS, Jennifer. What is Intelligence? Information for decision makers. In: GODSON, Roy; SCHMITT, G.; MAY, E. US Intelligence at the crossroads: agendas for reform. New York: Brassey’s, 1995.

SUN TZU. A arte da guerra. 5 ed. Rio de Janeiro: Record 1995.

VOLKMAN, Ernest. A História da Espionagem. São Paulo: Escala, 2013. O termo Case Officer é utilizado pela CIA, enquanto o termo Control, pelos britânicos.

WIANT, Jon A. A Guide to the Teaching About Covert Action. Journal of U.S. Intelligence Studies, , Volume 19, Number 2, 2012.

* A bibliografia não é obrigatória, mas sim indicativa. Serão disponibilizados materiais com leituras seletas e sínteses do conteúdo lecionado.



Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: