Livro. Capitalismo sem peias – por Ricardo Regatieri


Capitalismo sem peias:
A crítica da dominação nos debates no Instituto de Pesquisa Social no início da década de 1940 e na elaboração da Dialética do Esclarecimento


Apresentação (trecho de prefácio de Ricardo Musse)

Capitalismo sem peias foi composto como uma daquelas obras da op art que muda de aspecto a cada deslocamento do observador. No caso, conforme o interesse do leitor. Organiza-se como uma junção de planos que podem ser focados separadamente, mas que são ininteligíveis sem as referências do conjunto.

À luz de determinado ângulo pode ser visto como um acompanhamento da gênese de Dialética do esclarecimento. Quando se gira o olhar, pode ser compreendido como uma história do debate – no âmbito da Escola de Frankfurt – sobre o sentido e o significado do nazifascismo. Visto de outro rincão, surge como uma apresentação da trajetória intelectual, nos anos 1940, de Max Horkheimer e de Theodor Adorno, salientando os movimentos que os conduziram à crítica do processo civilizatório.

As diversas dimensões do livro são construídas com competência ímpar e uma originalidade que, pouco ressaltada pelo autor, saltam aos olhos do leitor. Os temas e conceitos que nortearam Horkheimer e Adorno no período, apesar de sua importância, só agora começam a ser debatidos. E não só no Brasil. Continuar lendo o texto.


Formato: Capa Comum
Autor: Ricardo Pagliuso Regatieri
Editora: Humanitas/FAPESP

Páginas: 286
Ano: 2019
ISBN: 978-85-7732-381-4
Preço: 45,00



Sobre o autor

Ricardo Pagliuso Regatieri é Professor Adjunto do Departamento de Sociologia e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal da Bahia. É um dos coordenadores do Periféricas – Núcleo de Estudos em Teorias Sociais, Modernidades e Colonialidades, vinculado à Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA e inscrito no CNPq. Possui graduação em Ciências Sociais, mestrado em Sociologia e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Realizou período de doutorado sanduíche na Johann Wolfgang Goethe-Universität Frankfurt. Foi pesquisador visitante e Research Professor na Korea University em Seul. Foi docente na Graduate School of International Studies da Korea University e na Graduate School da Hankuk University of Foreign Studies de Seul. Também foi professor visitante de curta duração na Universidade de Cabo Verde. Seus interesses de pesquisa se concentram nas seguintes áreas: teoria sociológica, teorias críticas, colonialidade e modernidade. 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: