Podcast – Vila Morena (I): Pitadas de Martins, temperadas com o amanhecer de Lisboa

Há mais culturas entre franceses e alemães do que pode crer nossa tradição intelectual.

Neste espírito de difusão de novos autores, pensamentos e culturais intelectuais, começamos nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com nossas atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ela consistirá em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro Sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins, e convidados.

O objetivo é ambientar o ouvinte com o debate de ideias em Portugal, trazendo temas como: o colonialismo português e europeu; a relação entre Portugal e o Ocidente europeu; o mundo luso-brasileiro e ibérico; a trama complexa que envolve figuras de porte na vida cultural portuguesa como Eduardo Lourenço, António Sérgio, Agostinho da Silva e o próprio Hermínio Martins.

Neste primeiro episódio damos algumas pitadas da obra do sociólogo e filósofo português Hermínio Martins, falando quem ele é e quais são as facetas de sua obra: a filosofia da ciências, a sociologia de Portugal e a filosofia e sociologia das tecnociências. Além da pitada de entrada, terminamos, como sempre ocorrerá, com um tempero musical, Lisboa que amanhece, que nos traz para um universo musical e cultural de nosso debate de ideias.

Além do podcast, trazemos também um pequeno vídeo que apresenta Hermínio Martins, feito generosamente pelo próprio autor, Marcos Lacerda.

Desejamos uma excelente escuta!


Escolha algum dos armazenadores de podcast abaixo.
É só clicar!




Apoie o Ateliê de Humanidades

Assim você colabora para a manutenção e o crescimento de uma instituição de livre estudo e pesquisa que tem por missão renovar as humanidades pelo artesanato intelectual, mediar encontros entre intelectuais, líderes, organizações e cidadãos e promover o debate público esclarecido e a cultura democrática.


b

República de Ideias. Vila morena, o debate de ideias em Portugal

Vila morena, o debate de ideias em Portugal No final de fevereiro foi publicado, pelo Ateliê de Humanidades, o livro “A sociedade das tecnociências de mercadorias”, que trata da obra do sociólogo português Hermínio Martins. Este livro foi escrito por Marcos Lacerda [PPGS/UFPEL], com apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e no âmbito do Instituto de… Continuar Lendo →

A sociedade das tecnociências de mercadorias – por Marcos Lacerda. Livro/e-Book

A sociedade das tecnociências de mercadorias Por: Marcos Lacerda Apresentação A Sociedade das Tecnociências de Mercadorias, de Marcos Lacerda, é uma introdução sistemática à obra do filósofo e sociólogo Hermínio Martins e um esforço de interpretação das sociedades tecnocientíficas de nosso tempo. Na sequência das publicações do Cartografias da crítica e do Teoria Crítica da… Continuar Lendo →

#058 Podcast. Vila Morena (VI): Entre tempos descontínuos e milenares

Chegamos ao sexto episódio de nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com atividades em podcasts/vídeos do “Vila Morena: o debate de ideias em Portugal”, no República de Ideias. Ele consiste em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro A sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins e também organizador (junto… Continuar Lendo →

Podcast. Vila Morena (V) Que a razão nos tire deste reino cadaveroso

Chegamos ao quinto episódio de nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ele consiste em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro A sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins e também organizador (junto… Continuar Lendo →

Podcast. Vila Morena (IV) As mitopoéticas de um imenso Portugal

Chegamos ao quarto episódio de nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ele consiste em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro A sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins e também organizador… Continuar Lendo →

Podcast. Vila Morena (III) “Oh, musa de meu fado, oh, minha mãe gentil!”: conexões de uma geração entre Moçambique, Portugal e Brasil

Chegamos ao terceiro episódio de nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ele consiste em exposições e debates com Marcos Lacerda, autor do livro A sociedade das tecnociências de mercadorias: introdução à obra de Hermínio Martins e também organizador… Continuar Lendo →

Sociologia das tecnociências contemporâneas – por Marcos Lacerda & André Magnelli. Livro & e-Book

Sociologia das tecnociências contemporâneas:ensaios de teoria social portuguesa organizado por Marcos Lacerda & André Magnelli Apresentação O presente livro é um apanhado significativo do que de melhor tem sido feito em Portugal a respeito da sociologia do tempo presente, através da visada de um dos mais estimulantes sociólogos portugueses: o investigador e professor do Instituto… Continuar Lendo →

Podcast. Vila Morena (2): Uma obra de fortuna e um fado de loucura

Há mais culturas entre franceses e alemães do que pode crer nossa tradição intelectual. Neste espírito de difusão de novos autores, pensamentos e culturais intelectuais, começamos nossa introdução ao debate de ideias em Portugal, com nossas atividades em podcasts/vídeos do Vila Morena: o debate de ideias em Portugal, no República de Ideias. Ela consistirá em exposições… Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Miscelánea de epifanías – por Gabriel Restrepo

Iniciando el Fios do Tempo [Hilos del Tiempo] de 2022, hoy traemos la “miscelánea de epifanías” del gran sociólogo, filósofo, poeta y amigo colombiano Gabriel Restrepo. Con su festín al “pensar súbito”, realizado en una retórica barroca resonada en diferentes timbres, Restrepo recorre un viaje de siete pasos con su habitual densidad simbólico-existencial, para ser… Continuar Lendo →

Cosmovisão andina e cultura material (pré-lançamento)

Sem o amor não existiria a sociedade. Ao recuperar a clássica distinção grega entre “Éros”, “Filia” e “Ágape”, este livro faz muito mais do que propor um novo conceito sociológico, aliás, o primeiro grande valor deste livro excepcionalmente original. O ágape, entendido como ação e relação social, funda-se na gratuidade e na doação: é “excedência” que oferece sempre alguma coisa que supera o quanto a situação requer, é sempre alguma coisa “a mais”. O amor é uma forma de vínculo social presente não apenas na dimensão micro da ação, pois ele também é constitutivo das organizações sociais e do nível macro das estruturas e ordens sociais. Além disso, seu inegável potencial crítico faz dele uma categoria chave para pensar e repensar criticamente nossas formas de vida social.

Série Bio [antropo] Lógica

A série Bio [antropo] Lógica do Ateliê de Humanidades Editorial é dedicada à publicação de investigações no entrecruzamento das ciências do humano, da natureza e da vida. Ela tem um duplo objetivo. Por um lado, visa proporcionar a revigoração do projeto da Antropologia como ciência do humano, voltado para a investigação da unidade e diversidade… Continuar Lendo →

Série Filosofia e Teoria Social – Ateliê de Humanidades Editorial

A coleção tem como missão publicar textos clássicos e contemporâneos em teoria social e em ciências sociais (teoricamente orientadas), contribuindo para uma renovação significativa das ciências sociais brasileiras. A política editorial é de abertura e passa por uma redefinição de fronteiras disciplinares. Nesse sentido, ela acolhe dois tipos de textos. Primeiramente, a publicação de livros… Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Votos por alguma forma de fortaleza – por Luiz Costa Lima

A passagem do ano tem o poder de renovar simbolicamente o fio da esperança. Mesmo quando estamos em meio ao som e à fúria, em uma história narrada por um idiota num enredo sem sentido, há alguma forma de fortaleza que podemos extrair deste desastre. E, com esta tenacidade, mantém-se aberta a brecha para que,… Continuar Lendo →

Fios do Tempo. Então é Natal… e o que você fez? – por Lindoberg Campos

Trazemos hoje, no Fios do Tempo, o belo texto de Lindoberg Campos sobre o sentido do Natal. Tomando como mote a canção “Então é Natal”, que foi consagrada em português na voz de Simone (e composta em inglês por John Lenon e Yoko Ono), Lindoberg tece sua reflexão dialogando com a teologia, a literatura e,… Continuar Lendo →

Não nascemos para morrer, mas para começar o novo – por Hannah Arendt

O Ateliê de Humanidades retorna do recesso hoje, dia 06 de janeiro, sob o espírito de um novo ano que se inicia, com Pontos de Leitura sobre Hannah Arendt.

E que o novo nasça, sempre, de novo.

Fios do Tempo. A ascensão conservadora e a complexa trama de ideias da nova direita – por Marcos Lacerda

Como compreender a ascensão conservadora ocorrida nos últimos anos no Brasil? Como deslindar a complexa trama de ideias que constitui a nova direita tanto mundial quanto nacional? Muitas tentativas estão sendo feitas nos últimos anos, mas larga parte delas é marcada pela caricatura própria da luta político-partidária, que dificulta ainda mais a compreensão da natureza… Continuar Lendo →

Deixe uma resposta

por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: