Pontos de leitura: Resistir às crueldades, o combate essencial da ética

O bem está condenado a ser fraco, isso quer dizer que é preciso abandonar todo sonho de perfeição, de paraíso, de harmonia. Ele sempre é ameaçado, perseguido. Isso quer dizer também que ele induz a uma ética de resistência.
E podemos resistir à crueldade do mundo e à crueldade humana pela solidariedade, a religação, e pela comiseração por estes e estas que são as suas mais infelizes vítimas. O combate essencial da ética é a dupla resistência à crueldade do mundo e à crueldade humana.
“É impossível que o mal desapareça”, dizia Sócrates no Teeteto. Sim, mas é preciso tentar impedir seu triunfo.

Edgar Morin. (2004) Ética, Conclusão I. Do mal (editora Sulina)
Achado de André Magnelli


metodo-6-etica


Este livro foi publicado com apoio:

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: